Mixagem e Masterização: Qual a Diferença?

Produzir sua própria música vem com uma enxurrada de diferentes técnicas e métodos para usar e, entre eles, a mixagem e a masterização são essenciais para a compreensão ao criar sua obra-prima.

Mixagem e Masterização: Qual a Diferença?

A mixagem e a masterização já costumavam ser usadas com frequência no passado, mas nos últimos anos tornou-se muito mais evidente o quão diferentes elas realmente são. Embora tenham atributos semelhantes entre si, elas desempenham papéis muito diferentes e ambas são muito importantes. Então qual é a diferença entre mixagem e masterização? A seguir, falaremos sobre cada processo em suas formas mais simples. Confira!

O que é Mixagem?

A mixagem é o início do processo de pós-produção. Depois de escrever, gravar e produzir sua música, é hora de mixar! Um engenheiro de mixagem irá equilibrar as faixas separadas dentro da sessão para soar agradável e coeso quando tocadas juntas. Eles reduzem o “conflito” entre instrumentos, vocais e diferentes elementos da música.

Uma mixagem também terá várias faixas diferentes, entre as diferentes camadas instrumentais, harmonias, etc. Uma sessão pode facilmente conter mais de 30 faixas. De modo geral, a maioria dos engenheiros de mixagem inicia seu processo organizando e rotulando cada componente, por exemplo, colocando todas as faixas de bateria na mesma cor e área de seu espaço de trabalho, sintetizadores e assim por diante.

Durante a mixagem, muitos ajustes acontecem em cada sessão para aprimorar e criar o som desejado. A mixagem consiste em criar um equilíbrio entre todos os aspectos da sua música, seja por meio de volume, frequência, posicionamento ou dinâmica. Esse processo visa aperfeiçoar a visão de um artista e garantir que a intenção original da música seja clara. Às vezes, acontecem várias mixagens antes que o artista e o produtor estejam prontos e satisfeitos para enviar a música para a etapa de masterização.

O que é Masterização?

Quando a mixagem da música é finalizada, ela está pronta para ir para amasterização. A masterização é a etapa final no processo de produção, a última fase que sua música passa antes de ir para a distribuição. Os engenheiros de masterização também buscam alcançar um equilíbrio geral, mas ao contrário da mixagem, eles buscam fazê-lo em um espectro mais amplo, na música como um todo e em todo o álbum.

O objetivo da masterização é “polir” a mixagem para o melhor som possível e fazer com que suas músicas soem como outras músicas profissionais ouvidas em plataformas de streaming, rádio, filmes, etc. O objetivo é tornar a faixa mais audível, soar melhor e mais compatível com vários tipos de alto-falantes, geralmente ajustando coisas como EQ, compressão, limitação e aprimoramento estéreo.

Um engenheiro de masterização é a última pessoa no processo criativo a detectar erros, mudar a maneira como algo soa e acrescentar os toques finais. Se houver um som que não deveria estar lá (seja um barulho, uma conversa, etc.), o engenheiro de masterização precisa estar extremamente atento e altamente concentrado para detectar esses pequenos, mas vitais erros. É muito útil ter uma outra pessoa para masterizar o seu projeto, pois é mais fácil para ela detectar erros ou ouvir sons indesejados, já que não é a mesma pessoa que estava mixando a música por horas a fio.

Mixagem e Masterização Online

Para aqueles que são novos no mundo do áudio, a mixagem e a masterização podem parecer muito trabalhosas ou menos acessíveis do que gravar ou produzir, mas fique tranquilo. Com os avanços tecnológicos atuais, você pode fazer a mixagem e a masterização online! Além de ser muito mais acessível, é também muito mais barato do que você pode imaginar.

Com o Moises, ambos estão disponíveis para você. A plataforma permite que você mixe o tempo, tom, volume e velocidade com a ajuda da Inteligência Artificial (I.A.).

Não só isso, mas a função de masterização I.A. proporciona um som profissional instantaneamente, sem ter que pagar os altos custos de um estúdio. Seja para as redes sociais ou um serviço de streaming, o Moises oferece um som de alta qualidade para que você possa levar sua gravação para o próximo nível.

Dica! Veja o passo a passo de como masterizar sua música no Moises aqui!

Então, vamos revisar...

  • A mixagem tem como foco criar um equilíbrio na escala menor e individual das faixas. Já a masterização leva todo esse mix para ser polido. Assim, teoricamente, você poderia mixar sem masterizar, mas não poderia masterizar sem mixar.
  • Os engenheiros de mixagem têm acesso a várias faixas e a todos os instrumentos, já os engenheiros de masterização têm apenas um arquivo. Deseja suavizar o vocal de fundo? “Esculpir” um bumbo? Os engenheiros de masterização não podem entrar em um projeto para fazer isso.
  • Na mixagem, muitas mudanças são feitas e algumas são bastante significativas. A masterização se concentra mais na sutileza e nos traços mais amplos que afetam a música inteira.
  • A mixagem é sobre a visão do artista ganhando vida, a masterização, por outro lado, é mais direcionada para a qualidade sonora e coesão geral.
  • A mixagem cria equilíbrio através do volume, frequência, posicionamento ou dinâmica. A masterização cria equilíbrio através do EQ, compressão, limitação e aprimoramento estéreo.

Esperamos que esse artigo tenha te ajudado a entender com clareza as principais diferenças entre mixagem e masterização, e tenha dado uma compreensão maior do que acontece nos bastidores da pós-produção.

Ambos são muito importantes e devem ser feitos separadamente, dessa forma, você garente que sua música atinja todo o seu potencial máximo.

Você ainda tem alguma dúvida sobre a diferença entre mixagem e masterização? Deixe nos comentários abaixo!

Imagem: Unsplash (James Owen)