Moises AI

7 Músicas Fáceis para Tocar no Baixo

Estude e pratique fundamentos e habilidades básicas no baixo com estas músicas fáceis de tocar.

woman-playing-bass.jpg

Ao começar no baixo, pode ser intimidante aprender uma música sem a técnica e teoria fundamentais que se espera de um baixista moderno. Uma ótima maneira para praticar esse instrumento, é "desmontar" músicas fáceis para baixo e entender o que elas podem ensinar sobre a técnica e o papel do baixista. Vim aqui compartilhar algumas músicas fáceis para tocar no contrabaixo para ajudá-lo nesta jornada de se tornar um grande instrumentista. Vamos lá?

1. “Another One Bites The Dust” - Queen

Uma música de rock clássico cuja linha de baixo foi escrita e executada por John Deacon do Queen. É obrigatória para qualquer baixista que deseja aprender músicas fáceis para tocar no contrabaixo. Se você está começando no instrumento, pode parecer complicado combinar todas as articulações de Deacon e captar cada nota que ele toca. No entanto, o que torna essa música simples de executar é o tom e a repetição.

Another One Bites The Dust está em Mi menor, girando em torno, principalmente, da corda E aberta e da primeira e segunda posições. Isso permite que os músicos iniciantes se acostumem com as partes mais baixas do braço do instrumento, com um deslocamento mínimo. A repetição na melodia também cria uma linha de baixo fácil com a qual os novos músicos podem se familiarizar tranquilamente.

2. “I Got You (I Feel Good)” - James Brown

Para baixistas amadores que procuram uma abordagem mais funk, esta é a música! Este clássico de James Brown teve a linha de baixo escrita por David “Hooks” Williams. O que torna esta música perfeita para baixistas iniciantes é a estrutura da linha de baixo, construída quase inteiramente com formas de escala pentatônica, que se encaixam bem nas mãos de um novo aprendiz. Esta música irá desafiar a mão direita dos novatos, bem como familiarizá-los com uma forma típica de blues de 12 compassos.

3. “Cissy Strut” - The Meters

Outra linha de baixo fácil e essencial, escrita e executada pelo grande George Porter Jr., esta música está centrada predominantemente na escala pentatônica em Dó menor e estimula os baixistas iniciantes a desenvolverem ritmo e groove. É necessário muito treino e paciência para executar perfeitamente a notação e o feeling desta música que tem uma pegada funky, lenta e baseada em ostinato. Use o Moises para isolar esta faixa e obter a linha original de Porter.

4. “For The Love of Money” - The O’Jays

Outro clássico do funk, tocado pelo maestro Anthony Jackson, e uma das melhores músicas para aprender no contrabaixo. Para os iniciantes, o desafio aqui está na técnica da mão direita. Tocada com palheta ou com os dedos, essa linha de baixo exige um toque leve e uma articulação clara, pois cada nota merece destaque, - como se pode escutar na faixa original. Esta é uma excelente melodia para baixistas amadores que buscam um bom desafio!

5. “All Blues” - Miles Davis

Um marco no mundo do jazz interpretado pelo baixista Paul Chambers. Esta faixa apresenta progressões de acordes alternativas ao formato clássico do blues. Posicionada firmemente em G (Sol), esta música serve como uma ótima introdução ao mundo do jazz, já que não é muito complexa nem difícil de entender. A linha ostinato tocada por Chambers permite que os baixistas trabalhem na execução posicional.

Usando o Moises, você pode montar uma playlist de músicas para praticar baixo e estudar a harmonia funcional por trás da maioria das músicas adjacentes ao blues.

6. “Mercy Mercy Mercy” - Cannonball Adderly and Joe Zawinul

Tocada no contrabaixo por Vic Gatsky e originalmente composta por Joe Zawinul, esta faixa de R&B/jazz é obrigatória para qualquer baixista principiante que busca diversificar sua prática. Escrita em Si Bemol maior (Bb), esta música é ótima para praticar na primeira posição ou mover-se mais para o centro do braço do contrabaixo, na terceira posição.

O que torna esta linha de baixo fácil é o ritmo das notas. Na maior parte desta música, Gatsky toca principalmente ritmos de semínimas em tons de acordes, tornando-a uma faixa simples de aprender. Os acordes tocados também são diatônicos para Si Bemol maior (Bb), o que significa que as estruturas estão todas dentro do tom e inalteradas. Esta é uma das melhores músicas para aprender no contrabaixo, se o R&B for do seu interesse.

7. “Garota de Ipanema” - Antonio Carlos Jobim/Vinicius de Moraes

Uma jóia da bossa nova, esta faixa tem uma feeling rítmico fácil de aprender. A linha de baixo é composta de ritmos de meia nota sobre mudanças de acordes ricas e relativamente complexas. As notas do contrabaixo em si não são complicadas. O que torna esta música um desafio para os baixistas iniciantes é a harmonia subjacente ao que é tocado no baixo. Jobim escolheu cuidadosamente os acordes, desde os diatônicos alterados até às substituições de trítonos, o que permite aos novos baixistas aprofundar a teoria musical um tanto além da média dos estudantes comuns.

Aprender algo de ouvido é sempre um desafio. Isso nunca muda no mundo da música. Mas, como em qualquer desafio, é possível avançar da forma mais inteligente: isolando as pistas. Usar o Moises para “decompor” as faixas e ouvir minuciosamente as nuances da execução de cada instrumento é uma das melhores formas de aprender e praticar música. Estude os detalhes: desde um tom que você gosta até à maneira específica como certo músico articula uma nota. Isolando as faixas do baixo, fica muito mais fácil trabalhar em uma música, seja qual for seu nível de habilidade.

Você tem alguma sugestão de linhas de baixo fáceis que não estão na nossa lista? Compartilhe conosco!

Richie Noyes - Baixista da Berklee College of Music, Richie toca baixo elétrico e contrabaixo desde os 6 anos de idade e gosta de todos os estilos musicais, com foco particular em latino, jazz e R&B.

Pronto para tocar em outro nível?Comece grátis!