Moises AI

5 Dicas para Quem quer Aprender a Tocar um Instrumento Musical

Aprender a tocar um instrumento musical é algo fascinante, que requer esforço e dedicação. Qualquer pessoa pode fazer isso, independentemente da idade, o importante é iniciar os estudos. Neste artigo, você encontrará algumas dicas básicas para começar a tocar um instrumento. Confira!

5 Dicas para Quem quer Aprender a Tocar um Instrumento Musical.jpg

Aprender a tocar um instrumento musical pode ser algo bastante desafiador. Mas, independente do grau de dificuldade, é preciso se dedicar aos estudos, persistir e praticar ao máximo. Ao contrário do que muitos pensam, até os músicos mais famosos começaram do zero e precisaram estudar para se destacar no meio artístico. Qualquer pessoa pode aprender a tocar um instrumento, desde que escolha aquele que desperte sua paixão e desenvolva suas habilidades.

Sabendo das dificuldades e desafios enfrentados no início desta jornada de aprendizado, listamos aqui 5 dicas que podem facilitar e tornar o caminho ainda mais agradável. Vamos lá?

1. Escolha um Instrumento Musical

Já pensou em escolher um instrumento de acordo com o estilo de música que você mais curte ouvir? Refletir sobre o assunto é um ótimo ponto de partida para determinar qual instrumento você irá tocar. Nesse caso, é importante que você tenha em mente que precisará de um instrumento que apoie todo o conhecimento que será adquirido.

Para começar, uma das melhores opções é escolher um instrumento que seja relativamente fácil de tocar. Considere que cada instrumento musical possui um certo grau de dificuldade. Sendo assim, conforme suas características específicas, alguns deles podem ser mais fáceis de aprender do que outros.

Entretanto, escolher um instrumento da sua preferência é essencial para o seu progresso. Tocar o que você sempre quis pode ser um fator decisivo para seu desempenho!

2. Defina Como Você irá Estudar

Depois de escolher o instrumento que você quer aprender, o próximo passo é decidir o método de estudo adequado para a sua necessidade e rotina.

Há quem prefira aprender a tocar um instrumento musical por conta própria, podendo recorrer a alguns recursos de apoio online, gratuitos ou pagos. O Moises App, por exemplo, é um ótimo parceiro na hora dos estudos. Com ele você consegue identificar o que de fato está acontecendo em uma música, seus acordes e tons, e também remover os vocais para focar apenas nas faixas instrumentais. Além disso, você consegue aprender com seu artista favorito e estudar com as músicas preferidas.

Sim, você pode ser autodidata e optar por aprender a tocar um instrumento em casa através de conteúdos online. No entanto, embora a internet seja rica em informações, aprender com um professor faz toda a diferença, sobretudo nas artes e na música. O fato é que sem a ajuda de um profissional você não consegue ver todos os seus erros, enxergar os detalhes e aprimorar a sua técnica da maneira correta.

Por isso, há quem priorize ir à escola, fazer aulas de música e ter a ajuda de um professor. Um dos benefícios de estudar em uma escola é a convivência com vários profissionais da área artística. Conhecer opiniões, trabalhos, grupos musicais e ter contato com professores e alunos, te dá a oportunidade de enxergar a música sob outras perspectivas e uma maior sensibilidade musical para tocar o seu próprio instrumento.

3. Foque no Aprendizado da Teoria Musical

Ao começar a aprender um instrumento, é comum pensar que apenas a prática seja o suficiente para dominá-lo. Mas, engana-se quem pensa dessa forma. Com exceção dos poucos gênios na história da música, para se tornar um bom instrumentista é preciso conhecer o conjunto de normas que determina a grafia dos sons e os valores que estabelecem a comunicação através da música.

Se você quer começar a tocar um instrumento do jeito certo, precisa iniciar os estudos musicais pela teoria. Não que isto seja algo obrigatório, mas focar no aprendizado da teoria é um excelente meio para compreender como a estrutura dessa linguagem tão única funciona e desenvolver uma consciência musical aperfeiçoada no futuro.

Basta pensar no processo de aprendizado de um novo idioma. Você até pode aprender a falar muito antes de conhecer a teoria, mas quanto mais você estuda e amplia seu conhecimento, maior a sua capacidade de articular ideias e pensamentos.

É sob essa perspectiva que a teoria musical eleva para outro nível a sua criatividade. Pois, faz com que você seja capaz de desenvolver um estilo próprio em relação a caracterização de acordes, estruturação de notas, transições e várias outras coisas relacionadas à música.

Além de tudo isso, se você quer aprender a tocar algum instrumento musical, buscar uma boa escola de música para estudar a teoria é uma excelente forma de começar.

4. Pratique e Persista

Todo o processo exige tempo e continuidade. É comum as pessoas desistirem logo nas primeiras semanas ou meses, porque acreditam que tocar uma música completa é algo impossível. Mas não é! Antes de criar grandes expectativas em tirar um bom som do instrumento, você precisa ser compreensivo consigo mesmo e saber que não tem como soar tão agradável nas primeiras tentativas.

Os primeiros acordes e notas exigirão de você muito treinamento, mas trarão muita satisfação e sentimento de conquista logo em seguida.

O que te levará a executar de maneira correta e completa as canções será a prática. Sem ela, você não conseguirá se desenvolver ou passará muito tempo tocando as primeiras músicas. Mantenha-se firme nos estudos e faça exercícios básicos para ir se desenvolvendo aos poucos. Pois, como mencionamos acima, parte do êxito ao aprender a tocar um instrumento musical é o seu treinamento e esforço.

Para atingir uma técnica mais aprimorada, é interessante que, além das aulas, você dedique algumas horas diárias aos estudos. Se tempo for o problema, tire 10 ou 15 minutos por dia para manter o mínimo de contato com seu instrumento. Além disso, praticar nas horas vagas também pode ser um hábito divertido e prazeroso e que pode ser mantido diariamente.

Você pode contar com o Moises App para te ajudar nas suas sessões de prática. Com ele, você pode gerar contagens de metrônomo, alterar a velocidade de uma música, remover ou isolar vocais e instrumentos e muito mais. O controle criativo é todo seu!

Se aprender um instrumento é o seu objetivo, abrace a causa e persista mais um pouco! E, quando sentir aquela sensação de desânimo, escute seu artista favorito e tente tocar suas músicas preferidas.

5 Dicas para Quem quer Aprender a Tocar um Instrumento Musical 2.jpg

5. Encontre uma Motivação

Pode parecer clichê, mas encontrar uma motivação para continuar a jornada é de extrema importância nesse início. Cada pessoa desenvolve os próprios meios de se motivar – pode ser que você se inspire em um instrumentista ou músico famoso, queira se destacar no ciclo de amigos, ou simplesmente busque pelos benefícios de tocar um instrumento.

Para se manter animado, tente visualizar qual o seu objetivo com a prática do instrumento que escolheu. Por que você começou a tocar bateria ou violão, por exemplo? O que te motivou a comprar o instrumento? Por que você quer aprender a tocar um instrumento musical?

Reserve um tempo para responder essas questões e resgatar a empolgação de quando começou. Encontre essas respostas e utilize-as para aumentar sua motivação!

Estabeleça Objetivos e Metas

Uma outra forma de se manter motivado é estabelecer metas de curto, médio e longo prazo. Você pode definir que quer assistir uma determinada quantidade de aulas em dois meses, fazer uma apresentação ao vivo em seis meses, e assim por diante.

Além das anotações feitas nas aulas, use um caderno específico para acompanhar seus objetivos de prática e descobertas ao longo dos treinos. Esta é uma maneira eficiente de continuar entusiasmado e também de contabilizar seus avanços por período.

Agora que você já sabe por onde começar a aprender a tocar um instrumento musical, comece seus estudos e compartilhe com a gente sobre a sua jornada!

Pronto para tocar em outro nível?Comece grátis!